domingo, 3 de junho de 2007

NÃO BASTA SER CAFAJESTE, TEM QUE TER ESTILO

Sou daquelas mulheres que apreciam os homens. E quando digo que aprecio não me refiro apenas ao sentido BÍBLICO, mas também ao interesse científico. Muitas mulheres apreciam os homens. Algumas apenas se utilizam deles, outras NÃO. Eu sou daquelas que usa, abusa, se lambuza e ainda aprecia. Ou seja: SOU CHEGADA! Por isso, não pude deixar de acompanhar, com interesse, os desdobramentos sexuais da Operação Navalha que, apresentou ao mundo mais um POBRE HOMEM traído pela inquietude do seu pénis, pela sua vaidade e pela sua, digamos, BURRICE...
É atribuída ao empresário Olacyr Moraes, 74 anos, - que já foi um dos 500 homens mais ricos do mundo e famoso por só andar "acompanhado" por mulheres jovens e bonitas - a seguinte frase: "Na minha idade, só existem dois tipos de mulher: as caras e as coroas. Prefiro as primeiras". Esta frase, pode ser considerada uma máxima de lucidez. Milionário e divorciado, Olacyr não se importava em saber que aquelas mocinhas o cercavam em troca de presentes: e QUE PRESENTES! Olacyr inflacionava o mercado, diziam seus concorrentes menos abastados.
Pois bem. Meus olhos encheram-se d'água ao ouvir o discurso compungido e arrependido do senador Renan Calheiros... Sentado na cadeira de presidente do Senado, ele pediu desculpas a sua mulher e à nação, pelo seu ERRO. Tadinho... Na plateia, sua mulher assistia a tudo com um olhar impassível. Melhor que NOVELA!
E ele, todo circunspecto, reclamando da invasão de privacidade, reconheceu o ERRO e disse que pagava mensalmente por ele. Quanto era mesmo? Ah sim! Doze mil reais, além de mais R$4,5 mil do aluguel de um apê de quatro quartos em Brasília para o erro e a mãe do erro... A mãe do erro tratou logo de informar que recebia a bufunfa em espécie, dentro de um envelope, que era entregue por um funcionário de uma empreiteira... Mas ele disse que não. Que o dinheiro era seu e que fez tudo DENTRO DA LEI! Afinal, é muito mais prático entregar o envelope em dinheiro vivo do que ter conta em banco. Isso é muito fora de moda. Queria que meu ex-marido fosse assim... Mas infelizmente ele deposita no Banco a pensão das meninas (que é 10 vezes melhor do que a do senador). E eu que não declare que recebo! No dia seguinte o Leão me dá uma DENTADA! Mas o senador é homem BOM e dispensa formalidades! Quanto desprendimento! Chego à estranhar que ele não tivesse saído do plenário carregado nos ombros pelos seus pares.
Na qualidade de admiradora dos homens, tenho a dizer que o senador é um belo espécime a ser observado. Não me canso de admirar a capacidade que eles têm de se superar na hora de inventar desculpas! Quanta criatividade! Só faltou ele dizer que foi seduzido pela mulher!!! Epa! Essa desculpa foi contada por Adão, quando prestou contas a Deus por ter comido a maçã. Não satisfeito em botar a culpa na Eva, ainda envolveu nome da coitada da serpente. Mas o resultado não foi bom: TODOS foram punidos. Afinal, Deus é Deus... Não deve ser fácil de enganá-lo.
Graças a Deus, que o nosso pobre senador não vai ter que prestar contas a Ele. Pelo menos não agora.
BEIJOCAS E TABOCAS!!!!

Um comentário:

Ari disse...

Se Deus é mesmo o cara que eu conheço, o sena não chega nem na calçada do céu. Nem ele nem a sua corja.