quinta-feira, 4 de janeiro de 2007

O ESPACATO

Dr. Carlãozinho da Bahia, meu mais insano e desocupado leitor e amigo, acaba de ma mandar um e-mail INDECENTE com uma notícia publicada no site Terra sobre uma mulher que ficou entalada numa caverna da África do Sul, prendendo 22 turistas por mais de DEZ horas lá dentro. Com esta provocação, ele pede que eu COMENTE o fato.
Pois bem. De acordo com a notícia enviada pelo ILUSTRE colaborador deste blog, a pobre mulher ficou presa na última segunda-feira, dia 1º, em uma passagem chamada "Túnel do Amor", nas cavernas Cango, na Província de Cabo Ocidental e teve que ser REMOVIDA com ajuda de parafina líquida. A operação de resgate envolveu diversas ambulâncias e um helicóptero e o salvamento dos turistas custou 40 mil rands (cerca de R$ 12 mil).
Ainda segundo a reportagem, a mulher foi avisada de que ela poderia EMPERRAR na passagem, mas ela não acreditou e insistiu em tentar passar. O administrador da caverna disse que na hora em que foi passar, a mulher perdeu o equilíbrio e ficou em uma posição parecida com um ESPACATO. Para quem não sabe, espacato é um movimento da Ginástica Rítimica no qual as pernas ficam abertas com um ângulo de 180 graus entre elas, tal como na foto aí abaixo.
Pois bem, apesar de TODOS os avisos quanto ao ano dos ESPIRITUALMENTE MAGROS, Carlãozinho me manda uma provocação dessas contando histórias sobre pessoas que ENTALAM em cavernas. Fazer o que, né? Agora vamos aos fatos:
  1. Certamente que esta mulher deve ser alguém ESPIRITUALMENTE MAGRA, pois do contrário ela não teria FELXIBILIDADE para fazer um espacato.
  2. Confirmando a magreza espiritual da criatura está o seu espírito aventureiro, pois uma pessoa realmente obesa, JAMAIS iria se meter em uma caverna africana.
  3. Segundo a matéria a mulher manteve-se "mentalmente forte" (que dizer: de ALTO ASTRAL), o que facilitou a operação de resgate.
  4. De acordo com a reportagem, os demais turistas também teriam enfrentado a situação "excepcionalmente bem". Donde se conclui que ninguém deve ter soltado PUM dentro da caverna, caso contrário não haveria sobreviventes.
  5. Por último e não menos importante: nenhum equipamento de perfuração foi usado no resgate. Com a ajuda de roldanas e parafina líquida, ela foi retirada da passagem, sem danificar a natureza.

Sendo assim, caros e insanos leitores, dou por encerrado esse post e esse assunto.

BEIJOCAS E TABOCAS DESENTALADAS!

Um comentário:

Carlão de Oliveira disse...

Resta uma pergunta: Será que um tarado, vendo a combativa indefesa na base do ESPECATO e aproveitou-se para espetar algo na criatura? Sei não...